Marketing-de-Conteúdo-para-empresas-de-tecnologia---capa

Já não é de hoje que o conteúdo pode ser considerado um dos bens mais valiosos em se tratando da gestão de negócios. O Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia é mais do que um aliado, é um recurso necessário que permite ao gestor abrir caminhos em um cenário onde a digitalização dos negócios se consolidou de vez.

“O conteúdo é rei”. Essa frase ganhou o mundo ainda em meados dos anos 90, época que a internet, como a conhecemos atualmente, ainda estava dando os seus primeiros passos. Hoje percebemos que essa frase era uma profecia. O conteúdo reina mesmo absoluto.

Por essa razão, o conteúdo é um conceito que lançou os seus tentáculos sobre o Marketing, sendo uma ferramenta para qualquer empresa se manter firme, coesa e relevante perante os seus clientes. No ramo tecnológico a situação não é diferente.

Quando falamos em empresas de tecnologia, estamos englobando uma infinidade delas, tais como Startups que se encaixam em categorias como empresas de softwares, fintechs, healthtechs, edutechs e muitas outras.

Por meio de uma boa estratégia, capaz de promover conteúdo de qualidade, a empresa tem plenas condições de se posicionar da forma correta, estabelecer a sua marca no mercado com credibilidade e se manter competitiva.

Por causa dessas características, o Marketing de Conteúdo para Startups e empresas de tecnologia em geral, vem sendo um recurso cada vez mais indispensável.

Levando tudo isso em conta, como desenvolver e aplicar estratégias realmente eficientes? Quais as melhores ferramentas? Onde a Inteligência Artificial entra nisso tudo? Como uma Agência de Conteúdo para Startups pode ajudar?

Para saber disso e se aprofundar ainda mais na importância do Marketing de Conteúdo, especialmente para empresas de tecnologia, não deixe de dar uma conferida com atenção nos tópicos a seguir.

Conteúdo – Saiba porque ele é tão importante na era digital

O conteúdo de qualidade e relevante é o grande protagonista da era digital. O motivo para isso é simples: os clientes procuram respostas para sanarem os seus problemas. Nesse caso, o antídoto para isso já inicia com um conteúdo qualificado e informativo.

A partir daí, sanando as dúvidas e oferecendo soluções, já se torna impossível estabelecer uma boa jornada do cliente, culminando em uma ação de compra.

Só para você ter uma ideia, alguns tipos de conteúdo, assim como determinados tipos de canais digitais, são essenciais para a relevância de uma empresa no cenário atual. Alguns exemplos que você pode encontrar por aí são:

  • Postagens em blogs com textos informativos e educativos
  • Textos em e-books
  • White Papers
  • Postagens em redes sociais
  • Canais de vídeos e podcasts

O conteúdo é quem vai ajudar a sua empresa a ter autoridade, trazendo ainda mais credibilidade para a sua marca. Os resultados disso são mais clientes conhecendo os seus produtos ou serviços, mais conversões e vendas.

Outro detalhe que coloca o conteúdo em um pedestal ainda mais alto: ele permite a você obter uma melhor compreensão do comportamento dos seus clientes. Isso é fato.

A partir do momento que o seu público interage, reage e consome o conteúdo que você disponibiliza, é possível compreender de forma muito mais eficiente as necessidades desses consumidores dentro da jornada do cliente, conhecendo melhor:

  • Como os visitantes ficam conhecendo o seu site
  • Quais as palavras-chaves conseguiram fisgar esse público
  • O nível de engajamento com esse conteúdo
  • Os assuntos de maior interesse

Tudo isso serve para obter informações mais pertinentes acerca do perfil do seu público, auxiliando a sua marca a ficar mais forte e conhecida.


Clique aqui e entenda como o conteúdo para blog pode impulsionar a sua empresa


Inbound Marketing – Um dos principais alicerces do Marketing de Conteúdo

Quando o tema da conversa é Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, é impossível não apontar os holofotes para ele: o Inbound Marketing.

O Inbound Marketing é uma faceta interessante do Marketing de Conteúdo. Ele, na verdade, consiste em várias estratégias que possuem o objetivo de atrair e converter clientes.

E qual é o ingrediente básico para isso? Se você aí respondeu “conteúdo”, acertou em cheio. Além disso, é sempre bom destacar a característica principal do Inbound Marketing: a atração.

Ao contrário do Marketing Tradicional, que vai atrás dos clientes, o Inbound Marketing nasceu para atrair.

Para isso vale contar com envio de e-mails, postagens em blogs, redes sociais, landing pages, canais de vídeos, podcasts, enfim, tudo o que a era digital dá de presente para você disponibilizar a principal isca para atrair esse público: conteúdo.

Em suma, se você tem uma empresa de tecnologia, ao utilizar o Inbound Marketing não é você que vai atrás do público. É o público que vai atrás de você.

Os principais processos do Inbound Marketing

Para colocar o Inbound Marketing é necessário ficar a par dos quatro pilares básicos. Confira quais são eles!

Atrair 

Tudo começa com uma boa atração e já nessa etapa o conteúdo é a sua principal arma. Aí você já pode colocar em campo os seus principais aliados, que podem ser:

Converter 

Depois da atração vem a conversão. É nessa fase que aquele visitante ganha o status de “lead” e, desse modo, segue tranquilamente o seu caminho na jornada de compra.

Nesse estágio é que o consumidor também passa informações em troca de uma recompensa, que pode ser um tutorial, um material rico, ou seja, mais conteúdo.

Vender 

Após todo o trabalho de atração, nutrição de leads e conversão, tudo está pronto para efetuar as vendas. Isso ocorre porque o consumidor já foi atraído e, graças ao conteúdo, conheceu melhor o produto ou serviço e encontrou nele a solução que ele tanto almejava.

As vantagens do Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia

No caso do Marketing de conteúdo para empresas de tecnologia, os benefícios são dos mais variados. Contudo, os mais evidentes sem dúvida nenhuma são os que vamos elencar agora.

Aumento de tráfego do site 

O site é um canal valioso para qualquer tipo de negócio na era digital. Ele é basicamente a vitrine da sua empresa na internet. Quando os consumidores querem saber mais a respeito dos serviços e produtos oferecidos pela marca, eles não hesitam em procurar pelo site.

Por isso, poder alimentar canais com conteúdos referentes à sua empresa de tecnologia é algo que não deve ser descartado.

Criar conteúdo para o blog do seu negócio resulta em um nítido aumento de tráfego para as suas redes sociais, ao mesmo tempo conduzindo o usuário para o seu site.

Expande a visibilidade da sua marca 

Com uma média de tráfego considerada satisfatória, as notícias são boas para a visibilidade da sua marca, pois a presença online aumenta a exposição dela.

Isso é fundamental para que mais pessoas tenham contato com ela, mostrando como a sua empresa poderá sanar os problemas desses clientes.

Gera mais autoridade para o seu negócio 

As vantagens que isso representa para uma empresa de tecnologia são muitas. Consolidá-la como uma autoridade no segmento é uma delas. Desse modo, a sua empresa tem tudo para se destacar entre os concorrentes, se tornando ainda mais competitiva.


Por falar em autoridade, saiba neste post como fazer Maketing de Conteúdo para Médicos


Impulsiona a geração de leads 

Como os leads são um conceito relevante na jornada do cliente, é fato que até eles são impactados por meio de um bom conteúdo. É a qualidade do conteúdo que vai nortear o interesse desses leads pela sua empresa e por tudo o que ela oferece e representa, auxiliando a posicioná-la ainda mais como uma marca respeitada e influente.

Resulta em mais vendas 

Ao investir em Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, você poderá notar o aumento das vendas dos seus produtos e serviços. Tudo isso feito por conteúdos que atraem os seus clientes.

Por causa de todos esses benefícios, não é segredo para qualquer empreendedor que o Marketing de Conteúdo é um elemento indispensável para o êxito de uma empresa.

Como estabelecer um plano de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia

Independente de ser uma Startup ou uma empresa já bem posicionada no segmento da tecnologia, é evidente que o Marketing de Conteúdo representa a melhor solução para a obtenção de bons resultados.

O conteúdo de qualidade é o cerne para o Marketing bem feito. E os canais para isso estão à disposição. Blogs, sites, e-mails, redes sociais são apenas alguns deles que podem constituir uma eficiente estratégia de Marketing.

Apesar disso, de nada adianta elaborar as melhores postagens nos seus blogs, usar CTA e conhecer todas as técnicas de SEO, se não há um mínimo de planejamento.

O conteúdo pode ser bem feito, mas se não for devidamente planejado e estudado para ser divulgado, não terá o efeito que você espera.

Com o objetivo de nortear a realização do Marketing de Conteúdo, desenvolver as campanhas e compreender quais serão os assuntos nos conteúdos, é preciso ficar antenado nos objetivos da sua empresa de tecnologia.

Sendo assim, começar com um planejamento coeso e consistente é uma boa maneira de iniciar as suas campanhas com o pé direito. A partir daí é necessário avançar para outras etapas.

Defina objetivos e KPIs 

Nada inicia sem um bom objetivo. Isso vale também para o Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, principalmente. Portanto, faça antes algumas perguntas como:

  • Você quer que a sua empresa de tecnologia seja mais conhecida?
  • Você quer divulgar uma promoção?
  • Quem sabe divulgar um produto?

Ao responder tais questionamentos você terá mais condições de determinar quais são os seus reais objetivos na realização das estratégias e campanhas de Marketing.

Para isso, não dá para esquecer de estabelecer as metas. Elas viabilizam a elaboração das ações de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia e Startups ao passo que elas podem ser atualizadas de acordo com os resultados.

As métricas também permitem acompanhar os resultados usando índices para permitir que os seus conteúdos se aproximem cada vez mais perto dos clientes.

Desse modo, você se torna apto a saber exatamente o que conseguir com os seus conteúdos, conforme o papel no funil de vendas.


Clique aqui e saiba como escrever para sites e criar conteúdo institucional


Será que o intuito é educar o lead no topo do funil? Será que o seu objetivo é apresentar seus produtos já no fundo de funil? Como fazer para identificar o andamento do conteúdo? É aí que as métricas entram em cena.

Elas são fundamentais para avaliar gastos nas campanhas de tecnologia e marketing de conteúdo, avaliar o engajamento do público e conhecer com mais propriedade muitos outros dados pertinentes.

Portanto, lembre-se de determinar quais KPIs (os famosos Key Performance Indicators) você vai utilizar. Eles podem ser:

  • Geração de leads
  • Quantidade de vendas
  • Quantidade de buscas orgânicas
  • Aumento no tráfego do site
  • Quantidade de inscrições na Newsletter

Determine as suas personas 

A sua empresa poderá traçar um bom plano de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia levando em conta as características das suas personas.

Independente da área tecnológica, como, por exemplo, uma desenvolvedora de software, uma produtora de games, uma consultoria de TI ou outro segmento, é fundamental entender as necessidades básicas do seu público.

Ao pensar em como solucionar os problemas da sua persona, você terá mais facilidade em enxergar a sua marca. A partir daí, o estilo do conteúdo será mais coerente com os interesses dos potenciais clientes.

Diante disso, em se tratando do Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, é possível utilizar diferentes canais e formatos, sempre de acordo com as características da persona.

Utilize o conceito de funil de vendas no contexto das suas estratégias 

O funil de vendas já é um conceito e uma abordagem clássica bem conhecida na gestão de negócios. Ele é dividido em categorias que permitem ao gestor acompanhar e entender melhor o processo de venda dos seus produtos ou serviços.

Ao utilizar esse modelo para elaborar a sua estratégia, será possível acompanhar o cliente desde o instante em que ele estabelece o primeiro contato com a sua empresa até o desfecho em que a venda é concluída.

O funil, de uma forma geral, auxilia na segmentação dos clientes, levando em consideração o nível de interesse e conhecimento que eles possuem em relação ao seu produto ou serviço.

Por meio do funil, é possível ainda ter uma visão mais precisa, por exemplo, sobre como está a sua conversão de leads para oportunidades ou quais são as oportunidades para vendas. E tudo isso acaba também ajudando em uma produção de conteúdo com mais capacidade de conversão.

Sendo assim, para permitir visualizar melhor a posição do cliente na jornada de compra, o funil de vendas é separado em etapas conforme veremos a seguir.

Topo do funil 

Também conhecida como ToFu, essa é a fase da prospecção. É nela que os consumidores se tornam cientes de que possuem e devem sanar algum problema, encontrando a sua empresa como possível solução.

Em termos de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, é possível utilizar nessa fase do funil conteúdos que visam educar os usuários.

Em troca desses conteúdos, a empresa recebe informações dos consumidores que podem auxiliar na melhor elaboração de estratégias.

Meio do funil 

Também conhecida pelo nome de MoFu, o meio do funil de vendas é o instante em que os leads estão cientes das suas necessidades. Eles já sabem do que precisam para solucionar dúvidas ou problemas, porém desconhecem como fazer isso e onde encontrar tais soluções.

Com isso, é nessa etapa do funil que a sua empresa de tecnologia entra para dar dicas, trazendo conteúdo que mostram como ela vai sanar os problemas que os clientes apresentam.

Fundo do funil 

Do inglês Bottle of the funnel, essa também pode ser chamada de BoFu. Na prática, ela é aquele momento decisivo, em que chega a hora de fechar as vendas e transformar os leads em clientes.

Não custa lembrar que, normalmente, os processos de compra de cada cliente não são lineares, mas ainda assim as etapas do funil são bons parâmetros para avaliar quais os momentos das abordagens mais adequadas, e quais os conteúdos mais compatíveis com essas fases.

Nessa fase, o conteúdo oferecido pode ser uma experimentação de um programa, demonstração de funcionalidades, webinars ou qualquer formato de conteúdo que faça o potencial cliente se convencer em fechar negócio.

Produção do conteúdo para manter o engajamento na web

Após compreender o quanto o conteúdo não é um mero detalhe, mas sim o alicerce fundamental para qualquer gestão, inclusive no gerenciamento de Startups e demais empresas de tecnologia, é necessário entender como garantir a qualidade do conteúdo produzido.

Diante disso, é importante ficar atento para alguns conceitos básicos sobre o tema, bem como o engajamento que nada mais é do que a manutenção constante das interações e das relações com o público na web.

Pense sempre no conteúdo pautado nas técnicas de SEO 

Não dá para falar de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia e Startups sem mencionar as imprescindíveis técnicas de SEO, sigla em inglês para Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca).

Tais técnicas são a bússola que vão guiar você na hora de encontrar a melhor maneira de redigir um texto para ser bem posicionado em um blog, uma chamada para o canal de vídeo, a descrição de uma imagem no Instagram e em vários outros canais à sua disposição.


Quer saber mais sobre Redação para SEO? Clique aqui e confira como fazer


A palavra-chave é a grande personagem das técnicas de SEO. Usar as palavras certas nas postagens de um blog e até mesmo na descrição das imagens inseridas nas postagens, facilita para que os buscadores possam ranquear bem o seu conteúdo.

No entanto, é importante lembrar que não é só de palavra-chave que se vive as técnicas de SEO. Elas são constituídas por outros elementos que tornam o seu conteúdo ainda mais amigável para o Google e outros buscadores. São eles:

  • Construção de links (link building)
  • Tamanho do conteúdo
  • Estrutura de títulos e subtítulos
  • Escaneabilidade, que é a possibilidade de um texto facilitar a leitura do usuário
  • Uso correto das URLs

Tenha em mente o uso dos canais adequados 

O Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia depende também do uso correto dos canais. Qual canal é o mais adequado para determinada etapa funil? Blog? Landing Page? E-mail Marketing? Redes sociais?

A disponibilidade de canais hoje em dia é grande, mas o uso adequado deles leva em conta um bom planejamento, boas escolhas.

Pense na abordagem omnichannel 

Falando em canais adequados para a sua estratégia de Marketing de Conteúdo, é bom lembrar que existe também a abordagem omnichannel. O próprio nome dela já indica quais são as suas principais características.

“Omni”, do latim “todo”, e “channel”, do inglês “canal”. Basicamente, por meio dessa abordagem, você pode divulgar conteúdo da sua empresa por meio de mais de um canal (incluindo aí os offline), mas sempre de um modo planejado.

Inteligência Artificial – Não se engane, a criatividade ainda é a melhor solução

A presença das IAs não é mais novidade na era digital e na gestão de Marketing. O atendimento realizado por chatbots (atendentes virtuais) em um e-commerce já é uma prova disso.

As análises de dados, que também são uma prática essencial para o Marketing Digital, podem ser feitas hoje em dia por meio de recursos de IA. Além disso, ela pode ser aplicada para:

  • Precificação correta dos produtos
  • Organização de documentos importantes
  • Gestão automatizada de contrato
  • Indicadores de desempenho em tempo real

Além disso, a Inteligência Artificial também já pode ser usada na produção de conteúdo. A ferramenta ChatGPT, desenvolvida em 2022, é um exemplo dessa possibilidade. No entanto, o conteúdo é um bem muito valioso para ficar nas mãos das máquinas.

Ainda que as tecnologias de “Machine Learning” (Aprendizado de Máquina) e “Deep Learning” (Aprendizado Profundo) façam parecer que as IAs realizem milagres, a criatividade ainda é o requisito primordial para o desenvolvimento de conteúdos qualificados.

As Inteligências Artificiais não desenvolvem textos a partir do zero. Elas vasculham a vastidão da web coletando informações já existentes. E como produzir conteúdo diferenciado é o que vai destacar a sua marca no mercado, as mãos humanas, portanto, são ainda essenciais.


Por falar em Inteligência Artificial, clique aqui e saiba o que é Redação IA


Entenda a importância de uma agência de conteúdo para as suas estratégias 

Diante de tudo isso, a atuação de uma Agência de conteúdo para Startups e empresas de tecnologia em geral é o caminho a ser seguido. A partir daí é possível assegurar a produção de conteúdo realmente cativante e engajador.

Apenas desse modo, diante de uma criação estratégica e planejada, levando em conta as características da empresa e da persona, o Marketing de Conteúdo obterá os resultados esperados.

Uma agência de conteúdo, hoje em dia, tem o conhecimento e os recursos necessários para posicionar e fortalecer a marca da sua empresa de tecnologia no mercado, utilizando as técnicas de SEO e todos os elementos capazes de aumentar a visibilidade do seu negócio.

Portanto, quando se trata de Marketing de Conteúdo para empresas de tecnologia, conte com o auxílio de uma agência de conteúdo para impulsionar ainda mais os resultados da sua organização.

Leave a Comment

dezoito − catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.