Como-criar-conteúdo-para-sites-capa

Na era moderna, é impossível imaginar o dia a dia dos negócios sem a internet. E consequentemente, é impossível pensar em negócios digitais sem saber como escrever para sites.

Desde que a internet se tornou protagonista – ainda no decorrer dos anos 90 – os sites surgiram como uma novidade para auxiliar as empresas a investirem na ainda nascente “presença digital”.

Hoje em dia podemos até assistir diariamente vídeos no Youtube e consumir conteúdo por meio de outros formatos, mas ainda assim, mesmo espremido entre essas mídias, os sites permanecem essenciais para empresas e profissionais de várias áreas.

Por isso, não custa lembrar sobre como escrever para sites é importante, pois a forma de criar conteúdo em sites não é a mesma utilizada para alimentar um blog ou um canal de vídeos.

No caso de um site institucional, por exemplo, o conteúdo é mais perene e atemporal, pois o foco é vender a marca e a imagem de uma empresa. Já em um blog, o propósito é trazer conteúdos diferenciados com mais frequência.

No atual momento, em que o Marketing Digital é a arma das empresas para enfrentar o cenário competitivo e atormentado por uma pandemia, criar um site e, especialmente saber como escrever para sites, deve estar entre as prioridades dos profissionais da área.

Para você ficar por dentro sobre as características e as técnicas sobre como escrever para site, confira os tópicos desse material que poderá te servir como um guia.

Tópicos

Entenda a importância de saber como escrever para site e do conteúdo institucional

Um site consiste basicamente em um conjunto de páginas na internet, localizadas e organizadas em um servidor. Por meio de um site é possível disponibilizar conteúdos úteis para empresas, instituições e profissionais de várias áreas.

Tais conteúdos são chamados de institucionais. Eles consistem em conteúdos que fazem referência a vários aspectos de um negócio, seja ele a marca, os serviços, enfim, a tudo aquilo que diz respeito à instituição, ou seja, a organização que ali está sendo apresentada.

Sendo assim, a importância de um conteúdo institucional reside em alguns pontos bem significativos que iremos especificar a seguir.

Presença digital 

Desde que a internet se tornou uma importante mídia no cotidiano das empresas e dos consumidores, um elemento vem se consolidando como um dos mais valiosos nos dias de hoje: a presença digital.

Em tempos da popularização de smartphones e redes sociais, os consumidores estão cada vez mais online. Diante disso, qualquer empresa, de pequeno, médio ou grande porte e de qualquer segmento, irá sobreviver apenas se investir em presença digital.

Sabendo disso, um site é uma engrenagem fundamental para movimentar essa presença, servindo como uma fonte de informação e divulgação da empresa. E saber como escrever para sites é o segundo passo para obter essa presença de forma consistente.

Vitrine para a empresa 

O conteúdo do seu site é como um produto. Por essa razão, não é exagero afirmar que o seu site se torna a vitrine do seu negócio.

Ademais, é por meio desse conteúdo que o público passa a ter o primeiro contato com a sua empresa, os serviços, os produtos e as demais informações relevantes.

Portanto, saber como escrever para sites é fundamental, pois é com o conteúdo institucional que uma organização vai manter as portas do seu negócio abertas para o público na internet.

Credibilidade e visibilidade 

Hoje em dia, um site é o primeiro recurso para quem quer obter mais informações sobre uma empresa. É no Google que as pessoas vão correr para pesquisar o que você vende, qual é o seu endereço, qual a sua missão e valores.

Portanto, o conteúdo institucional em um site é a solução para garantir o profissionalismo, a credibilidade e a visibilidade capazes de tornar o seu negócio mais competitivo.

O Efeito Halo e o conteúdo institucional

Falando em conteúdo institucional e sobre como escrever para sites, é interessante ficar a par de um conceito conhecido como o Efeito Halo.

Esse efeito, criado pelo psicólogo norte-americano Edward Thorndike, afirma que as pessoas possuem a tendência de fazer julgamentos precipitados sobre empresas, produtos, serviços e até indivíduos.

Em outras palavras, o efeito halo confirma aquele ditado conhecido de que “a primeira impressão é a que fica”. E isso vale para o conteúdo institucional presente em um site, ainda mais se levarmos em conta a importância da chamada Experiência de Usuário.

Por isso, características como design responsivo, layout clean e conteúdo bem escrito fazem parte da receita para quem quer diminuir os aspectos negativos do Efeito Halo.


Clique aqui e confira 10 mitos sobre Marketing de Conteúdo que você precisa conhecer


Pense por você mesmo: você sentiria segurança em fazer negócios ou credibilidade ao visitar um site de uma empresa com imagens distorcidas, textos com erros grosseiros e layout bagunçado? Muito provável que não, não é?

Storytelling – Um elemento fundamental para quem quer saber como escrever para sites

“Storytelling” é um termo em inglês e pode ser traduzido como “contar histórias”. O ato de contar histórias é um dos rituais mais antigos da humanidade.

Se na idade da pedra lascada as pessoas se reuniam ao redor de uma fogueira para ouvirem histórias, hoje, na idade da tela, as pessoas possuem à disposição os seus tablets, kindle, Smart TVs e outros gadgets.

As plataformas evoluem, mas o fascínio que uma boa história exerce permanece o mesmo. E isso vale também na hora de entender como escrever para sites, pois isso garante mais credibilidade e uma boa presença digital, pois a história da sua empresa também é um conteúdo institucional.

Quando se trata de storytelling para o conteúdo institucional de um site, é importante usar como guia algumas perguntas que são essenciais para o seu negócio. São elas:

  • Por que a empresa surgiu?
  • Qual o problema da empresa?
  • Quais as maiores dificuldades e desafios?
  • Por que a empresa é importante?
  • Como a empresa atua para mudar a vida dos consumidores?
  • Quais eventos e acontecimentos são mais relevantes?

O storytelling abrange um leque de possibilidades justamente porque existem diferentes maneiras e caminhos para a elaboração de histórias. O mais conhecido é a Jornada do Herói.

Sabe o que Star Wars, Senhor dos Anéis, Harry Potter, Homem-Aranha e muitos outros fenômenos da cultura pop possuem em comum? Eles possuem uma estrutura narrativa baseada em um conceito chamado de “Jornada do Herói”.

O norte-americano Joseph Campbell, o pesquisador de mitologia, foi um grande estudioso desse conceito e, ao analisarmos as obras desse autor, podemos aferir que do conto da Cinderela até as aventuras do Luke Skywalker, existe a estrutura dessa jornada.

A Jornada do Herói é uma estrutura facilmente reconhecida pelas pessoas e, por essa razão, histórias que seguem essa dinâmica se tornam tão populares.

Ainda assim, o mais interessante é que essa estrutura pode ser aplicada na escrita para sites, no storytelling de diversas ações de Marketing Digital e no conteúdo institucional de um site.

Como escrever para sites e aplicar o storytelling

Ficar a par dos meandros da jornada do herói ajuda na hora de criar o conteúdo institucional do seu site, mas é necessário ficar atento também a outros detalhes e ações para saber como escrever para sites de forma mais eficiente e eficaz.

Conheça o seu público 

Esse é o ponto de partida para elaborar o seu conteúdo institucional. Para quem você vai escrever? A resposta dessa pergunta só será obtida se você conhecer a sua persona, entender quem é e o que o seu cliente quer.

Estabeleça a mensagem 

Ao saber quem é e como pensa a sua persona, você já tem mais confiança para saber como e o que vai escrever, conferindo para a sua história muito mais credibilidade.

Escolha os pontos mais importantes 

Uma boa história deve fisgar a atenção do público do início ao fim. Imagine que o seu texto tem o objetivo de pegar o leitor pela mão e não soltá-lo mais. Para isso, antes de partir para a escrita propriamente dita, selecione o que é mais relevante para o conteúdo.

Essa escolha evita que você fuja da temática principal, perca o foco e, consequentemente, faça o leitor perder o interesse na mensagem.

Aponte o divisor de águas 

Ao estudar a jornada do herói você vai verificar que as narrativas possuem um ponto de ruptura, ou seja, o instante em que o protagonista é convocado para iniciar a caminhada.

Por essa razão, é interessante também encontrar esse ponto de virada na hora de elaborar o seu conteúdo institucional, mostrando as mudanças importantes que o seu negócio teve ao longo da história, incluindo os grandes aprendizados.

Transformação e resultados 

Ao fim da sua jornada, o herói sai transformado. E a sua marca ou a sua empresa também passam por transformações. Todo esse conteúdo deve ser transmitido para os clientes, o fazendo compreender melhor o que o seu negócio faz e como poderá sanar os problemas desses consumidores.

3 – Como escrever o “Quem Somos”

Como-criar-conteúdo-para-sites-Quem-somos

Um dos principais elementos de um site institucional é o “Quem Somos”. É por meio dessa seção que você vai contar para os clientes a história do seu negócio. Em outras palavras, o “Quem Somos” é uma forma de dizer “oi” para quem acessar o seu site.

Por isso, entender como escrever para sites é importante na hora de redigir o “Quem Somos” do seu projeto. Entretanto, é necessário ser sucinto, pois a objetividade é essencial para fisgar o usuário logo de primeira e mantê-lo mais tempo interessado no seu conteúdo.

Portanto, é importante fornecer informações relevantes sobre o negócio logo na página principal, respondendo de forma imediata o que os usuários almejam saber quando acessam o seu site.

Por conta disso, escrever parágrafos curtos e com informações resumidas são algumas das melhores práticas da redação web. Os resumos facilitam ao máximo a pesquisa do público e conta pontos positivos para a Experiência do Usuário.


Falando em redação web, clique aqui e confira tudo sobre Webwriting e como escrever na internet


Conforme o famoso artigo O mágico número 7, do psicólogo George A. Miller, a quantidade de informação deve ser bem dosada em um conteúdo para que a mensagem seja facilmente assimilada pelo público.

Além disso, de acordo com Miller, a capacidade de memorização é menor para palavras longas do que para palavras curtas. Pensando nisso, elencamos as melhores dicas para redigir um “Quem Somos” capaz de tornar o seu conteúdo mais atrativo.

Rápida apresentação 

De acordo com o livro Writing for the web: 7 steps to web copy that works, a autora Emma Jay Jones ressalta que a primeira impressão é a que fica quando se trata de escrita para a internet.

No livro, Emma afirma que conforme um estudo da companhia Enterpulse, 66% das pessoas declararam que não retornam a visitar um site caso se deparem com uma navegação que não valoriza a Experiência de Usuário. E objetividade no texto é essencial para garantir uma boa experiência.

Portanto, redija um ou no máximo dois parágrafos sucintos que explicam um pouco mais sobre os objetivos e as características da sua empresa, destacando as suas qualidades.

Fatos relevantes 

Traga as principais realizações da organização, sempre priorizando uma linguagem objetiva e parágrafos curtos. Mostre os números que a empresa alcançou nos últimos anos em termos de sucesso.

Da mesma forma, apresente estatísticas de clientes impactados com os seus produtos ou serviços, ou invista em pesquisas que traduzam o sucesso do seu negócio. Tenha sempre em mente aquela máxima, de que contra fatos não há argumentos.

Detalhes aprofundados 

Forneça informações mais específicas sobre o trabalho da sua empresa em páginas subsidiárias. Desse modo você vai engajar aqueles usuários que demonstraram interesse em conhecer melhor a sua marca e os seus produtos ou serviços.

O que faz as pessoas acessarem um site

De acordo ainda com o livro Writing for the web: 7 steps to web copy that works, as pessoas entram em um site não para admirar o layout ou avaliar se ele possui ou não um design responsivo.

O que traz o público para o seu espaço na internet é a busca por alguma informação, um conteúdo de qualidade, um serviço ou produto.

Já o que faz essas pessoas retornarem ao site – e até o recomendarem para outras pessoas – é a facilidade em apresentar as informações e o conteúdo.

Uma experiência pouco – ou nada agradável – em um site é prejudicial para aquilo que é de mais relevante nas estratégias do seu negócio: a presença digital.

De acordo com o cientista da computação Jakob Nielsen, as pessoas não absorvem a totalidade de um texto na internet. Isso apenas reforça o fato de que, ao escrever o seu conteúdo institucional, você deve entender que quantidade nunca é qualidade.

Não é por acaso que o conteúdo ideal para o “Quem Somos” em qualquer site institucional deve apresentar:

  • Parágrafos curtos
  • Informações relevantes no topo
  • Facilidade na busca de palavras-chaves
  • Informações em chunks (ou pedaços)

Conteúdo e Reputação

Quando a gestão de um negócio encontra dificuldades no caminho, o diagnóstico pode muito bem ser problemas na comunicação, tanto aquela feita com os consumidores quanto a realizada entre os colaboradores.

Isso é tão evidente que anos atrás o estudioso norte-americano da administração Peter Russell observava que cerca de 90% dos problemas das empresas giram em torno da comunicação (e, mais precisamente, da ausência dela).

Acrescente a isso o fato de que os clientes, nos dias de hoje, estão cada vez mais exigentes e esperam soluções rápidas. Então, o problema de comunicação deve ser levado mais a sério do que nunca.

Sobretudo, é nesse contexto que criar um conteúdo qualificado para o seu site é parte primordial de qualquer estratégia com intenção de assegurar uma boa reputação para o seu negócio.

Quem visita o seu site e clica no “Quem Somos”, está procurando conhecer melhor o que a sua empresa faz e se vale ou não a pena fazer negócios com você. Por isso, o conteúdo de qualidade garante a credibilidade que a sua empresa necessita para posicionar melhor a marca.

O comportamento do consumidor

Para uma melhor compreensão sobre como assegurar uma boa reputação para a sua empresa, é necessário entender melhor o que leva o consumidor moderno a entrar em uma loja, a encher o carrinho em uma loja online, ou seja, a entender o que impulsiona o ato de compra.

Se em tempos pré-Google e redes sociais os clientes desempenhavam uma postura mais passiva na comunicação das empresas, hoje, pelo contrário, eles exercem um certo protagonismo.

O novo consumidor não apenas está atento para absorver informações e conteúdos, como também possui em mãos ferramentas que o tornam mais exigente, mais crítico e com mais possibilidades de interação com a organização.

Portanto, não é por acaso que conhecer melhor a sua persona se torna o alicerce para criar conteúdo capaz de engajar quem procura os seus serviços ou produtos. Lembre-se que entender sobre como escrever para sites também é conquistar a confiança dos consumidores por meio de palavras.

Entenda como escrever para sites e as técnicas de SEO se complementam

Em se tratando de escrever para sites, é fundamental ficar a par de maneiras que otimizam a visualização e o alcance do site, pois se é para criar conteúdo, é importante que ele tenha visibilidade.

Com base nisso é que existem as técnicas de SEO, para posicionar o seu site nas primeiras posições de sites como o Google e o Bing, viabilizando o bom posicionamento web.

No entanto, você deve se perguntar: o que essas técnicas de SEO tem a ver com saber como escrever para sites? Simplesmente tudo!

De uma forma geral, essas técnicas possuem o objetivo de tornar o conteúdo do seu site mais encontrável e acessível, proporcionando com isso uma boa experiência de usuário. E quando o assunto são as técnicas de SEO, é preciso saber que elas enfatizam práticas básicas como:

  • O uso das palavras-chaves
  • A construção de link building
  • Criação do CTA (Call to Action)

Clique aqui e entenda mais sobre o que é Redação SEO e como ela é importante para se destacar no Google


Atualmente, a criação de conteúdo é pautada nas necessidades de buscas dos usuários. E por conta disso, o estudo das palavras-chaves é fundamental para quem deseja saber como escrever para sites de forma efetiva.

Essa convergência entre necessidade e busca tem como resultado aquele produto ou serviço que a sua empresa ou organização oferece. Por isso, entender o comportamento de busca e o funcionamento das práticas de SEO é fundamental também no conteúdo institucional.

Erros a serem evitados na criação de conteúdo para sites

Como-criar-conteúdo-para-sites-Erros-a-serem-evitados

Na hora de escrever para sites, é necessário evitar algumas práticas que prejudicam o seu conteúdo. Por isso, separamos abaixo os principais equívocos que toda organização deve evitar.

Não tenha canais de comunicação claros e acessíveis 

Em tempos em que a abordagem omnichannel é uma solução mais do que necessária para interagir com os clientes, é essencial estabelecer e demonstrar quais são os seus canais de comunicação. Isso facilita a interação e melhora a credibilidade da sua marca.

Por isso, a ideia de preencher longos formulários de contatos ou orçamentos é uma prática ultrapassada e que certamente irá afugentar o seu potencial cliente.

Não priorizar a experiência do usuário 

Utilizar no seu site imagens de má qualidade ou que não são permitidas, manter links quebrados, encher de pop-ups e não avaliar a velocidade de carregamento. Essas são apenas algumas práticas que prejudicam a experiência do usuário. Portanto, cuidado!

Não investir em segurança digital 

Garantir uma navegação segura já ajuda a conquistar a credibilidade do seu público. Lembre-se que o ambiente online também é um espaço para hackers e mostrar que o seu site é um espaço confiável mostra profissionalismo.

Não ter objetivos claros

O usuário e potencial cliente não tem tempo para ler “textão” ou tentar decifrar o que a sua empresa faz ou vende. Tenha em mente que o usuário quer respostar para as suas dores e perguntas.

Portanto, seja objetivo e claro na sua proposta e use o site para comunicar isso da melhor forma possível. A escritora e pesquisadora em usabilidade Janice Redish deixa isso bem claro em seu livro:

“As pessoas vêm pela informação que respondem suas questões ou as ajudam a completar suas tarefas.

Querem que a informação seja fácil de achar, fácil de entender, precisa, atualizada e credível.”

Produzir conteúdo ruim ou de baixa qualidade

Em um estudo da empresa de software Enterpulse, 66% das pessoas disseram que raramente, ou nunca, retornam a um site após uma experiência ruim.

Isso mostra o quanto uma má experiência pode arruinar para sempre a relação entre o cliente e a empresa. Portanto, evite erros de digitação, gramaticais, imagens quebradas ou conteúdos mal escritos.

Abandonar o site

Muitos usuários analisam a credibilidade de uma organização pela atualização do seu conteúdo. Um site desatualizado ou com informações de mais de 3 anos soa como uma empresa desleixada ou até mesmo que nem existe mais.

Sendo assim, ter um site abandonado pode ser até mais prejudicial do que não ter site algum. Essa postura pode gerar inúmeras dúvidas nos usuários e potenciais clientes. E clientes com dúvidas não fecham negócios!

Como planejar o conteúdo de um site

Entender o perfil da sua persona, garantir uma boa Experiência de Usuário e criar conteúdo que realmente seja capaz de atrair (e manter) visitantes são regras básicas para consolidar a sua presença digital.

Mas como escrever para sites mantendo a qualidade do conteúdo? A resposta para isso é uma só: planejamento. Pensar o seu conteúdo de forma estratégica implica em alinhar a sua mensagem com as características do seu negócio.

Portanto, se o objetivo é planejar o conteúdo de um site, é necessário seguir alguns passos básicos. Confira!

Encontre um motivo para ter um site 

Um site é um meio para a sua empresa atingir os objetivos. Nesse caso, as razões para ter um site podem ser várias ou até mesmo uma. Por isso, ao investir na sua presença online pense se a intenção é:

  • Vender um produto ou serviço
  • Ser um apoio de vendas
  • Interagir com os clientes
  • Divulgar a sua empresa
  • Fortalecer a sua marca

Quem é o público-alvo do seu site 

É impossível planejar conteúdo do site sem saber para quem você vai escrever e produzir conteúdo. É por isso que estabelecer uma persona para entender o que os usuários procuram na hora acessar o seu site é uma prioridade em qualquer planejamento.

Tenha em mente algumas perguntas básicas sobre quem irá consumidor o seu site ou receber a sua mensagem:

  • “O que esse público quer?”,
  • “Qual é a idade desses potenciais clientes?”
  • “Por que esse público quer o seu produto ou serviço?”
  • “Quais as dores e anseios os produtos ou serviços da empresa resolvem?”
  • “Como posso usar a comunicação nos tempos atuais da sociedade?”

Essas são apenas algumas das perguntas essenciais para saber quem vai receber o conteúdo. Por isso, é um exercício constante que deve sempre ser revisto para que o site não fuja do seu propósito.

Tenha em mente que um site é uma ferramenta a mais para o seu negócio e por isso, é preciso ter um olhar profissional sobre ele, inclusive sobre as melhores formas de como escrever para sites.

Adote o estilo adequado de linguagem 

Ao descobrir quem é o seu público-alvo, chega a hora de estabelecer qual é o tom da sua linguagem. Dependendo do segmento de mercado e da idade do público, o estilo pode ser mais formal, já em outros casos pode ser mais descontraído.


Neste post você vai ficar por dentro sobre como criar conteúdo para blog


Portanto, ao escrever para sites e produzir conteúdo, avalie o estilo da persona e se pergunte o que elas preferem ouvir, quais termos podem ser ou não ofensivos, o que as inspira, ou seja, fique por dentro de tudo o que vai auxiliar na sua escrita.

Determine o que os usuários querem fazer em seu site 

Com a persona já definida e o estilo de conteúdo devidamente adotado, é necessário partir para a parte prática. É aí que você coloca as cartas em jogo e estipula como o usuário vai interagir com o seu site.

Dependendo das estratégias adotadas, o objetivo pode ser incentivar a compartilhar conteúdo, interagir em seu chat, acessar uma landing page, ou seja, tudo vai depender das estratégias adotadas.

Esteja preparado para perguntas 

Se o público acessar o site e fazer perguntas, é um indício de que o seu conteúdo despertou a atenção. Já que você conseguiu fisgar quem interessa, aproveite a chance para interagir, pois produzir conteúdo também é dialogar.

Normalmente os usuários almejam saber sobre como adquirir os produtos, as garantias, como contratar os seus serviços, prazos, etc. Portanto, são várias as possibilidades.

Fique atento às palavras-chaves 

Lembra das técnicas de SEO? Pois então, elas trabalham principalmente com o uso de palavras-chaves, elementos fundamentais para quem deseja saber como escrever para sites com mais eficiência e eficácia.

Pesquise quais são as palavras-chaves que se relacionam com o seu produto e veja quais palavras o seu público mais procura. Esse é o princípio para ser encontrado por aqueles potenciais clientes que estão interessados nos serviços ou produtos da sua organização.

Defina quem irá produzir o conteúdo 

Uma parte tão importante do seu negócio deve estar nas mãos de quem entende do tema. Essa definição é importante, pois não é qualquer um que deve ou sabe de fato como escrever para sites.

Dependendo da situação, isso pode ser a função de algum profissional específico ou até mesmo de uma agência.

Escolha a tecnologia adequada 

Na era digital, a produção de conteúdo também depende das ferramentas certas. Por isso, sempre fique por dentro das novidades sobre o assunto, quais os softwares mais recomendados, como utilizá-los, enfim, tudo que viabilize as suas estratégias.

Realize teste com seu conteúdo

Antes de bater o martelo para definir o conteúdo, faça alguns testes finais. Selecione uma parcela do público e veja como é a reação. Lembre-se que você pode contar com ferramentas digitais para mensurar tais resultados.

Estabeleça quem vai gerenciar o conteúdo 

Após consolidar o tipo de conteúdo e como ele será produzido, é hora de escolher quem vai gerenciá-lo.

Nesse contexto, analise também outras possibilidades, tais como o período de atualização de conteúdo e quais os critérios e normas de atualização.

Entender como escrever para sites é um passo essencial para quem deseja ter sucesso na web 

Se a propaganda é a alma do negócio, a alma da propaganda é o conteúdo. E aqueles que planejam, concluem que o conteúdo digital devidamente pensado é o motor que move as estratégias do seu negócio.

Além disso, é importante saber que um site não deve ser encarado como um simples “enfeite” ou um modismo para a empresa, mas sim uma ferramenta que pode levar a sua empresa a um patamar mais elevado, posicionar a sua marca, atrair mais público e viabilizar até mesmo o aumento das vendas.

Tudo isso porque há tempos os sites deixaram de ser meras alternativas para divulgar a empresa e se tornaram ferramentas básicas para assegurar a presença digital e a reputação de uma organização.

Portanto, não basta apenas ter um site, é necessário saber usá-lo como uma vitrine do seu negócio, o tornando o local ideal para divulgar conteúdos e promover também a comunicação e interação com o público.

Se você precisa de ajuda para criar o conteúdo da sua empresa ou não sabe como escrever para sites, entre em contato com a gente e saiba como podemos ajudar o seu negócio a se destacar ainda mais na era digital.

Leave a Comment

quatro × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.