Você deve estar surpreso ou até meio descrente sobre o termo “Marketing da Oportunidade”, assim como também estivemos quando nos deparamos com o termo e o conceito estabelecido em torno do assunto.

Marketing da Oportunidade nada mais é do que aproveitar a oportunidade de uma data, um evento, um movimento ou qualquer coisa que possa aumentar a exposição de uma marca ou empresa, gerando buzz de forma gratuita e espontânea.

Entendendo o caso da prefeitura de São Paulo e a empresa Amazon de forma sucinta

Se você ainda não está antenado com o caso, veja abaixo o desenrolar da história de forma breve:

  • A Amazon, empresa global que comercializa livros e equipamentos eletrônicos fez uma crítica indireta às ações do atual prefeito de São Paulo (João Dória) no que se refere às suas decisões que envolvem a limpeza e a despichação da cidade.
  • Em contrapartida, o prefeito rebateu a crítica sugerindo que a empresa ao invés de criticar, fizesse doações de livros aos alunos das escolas públicas.
  • Nesse meio tempo a empresa Kabum (vendedora de artigos e equipamentos de informática) se aproveitou da polêmica e se ofereceu para doar computadores e tablets à rede pública da cidade de São Paulo.
  • Nesse “embalo” a empresa livreira Saraiva também se ofereceu para ajudar em projetos que envolvem leitura.

 caso Amazon Marketing da Oportunidade

O que as empresas ganham com o Marketing da Oportunidade?

Obviamente que essas empresas não estão propondo essas ações simplesmente para parecerem boazinhas aos olhos da sociedade. As empresas estão se aproveitando da situação e da oportunidade de exposição que o caso pode proporcionar (que fique bem claro que isso não tem problema algum!).

O caso vem ganhando grande repercussão, tanto é que até a finalização deste artigo outra empresa também já havia se pronunciado sobre a disponibilidade de ajudar com doações de tablets para crianças carentes da rede pública de educação.

caso Amazon Marketing da Oportunidade Multilaser

O que as empresas perdem com o Marketing da Oportunidade

Enquanto por um lado, muitas empresas pode se beneficiar com uma situação, por outro lado a empresa central que iniciou o buzz pode perder muito em termos de aceitação, imagem e reputação da marca. É o caso da Amazon que até o momento dessa publicação possuía muitas negativações em sua propaganda em seu canal oficial do Youtube.

Todos os atores envolvidos no cenário se aproveitam da oportunidade para gerarem ações em prol de suas causas ou para se promoverem em meio à situação que se criou. Porém, algumas tiveram sucesso e uma não.

Conclusão

Fica claro que uma marca deve ter muito cuidado ao se envolver em temas que envolvem políticas públicas e assuntos de grande repercussão social. Uma ação não muito planejada ou pensada pode causar situações indesejadas e até mesmo gerar consequências negativas para uma empresa.

Você ainda tem dúvidas sobre o poder que o Marketing da Oportunidade pode ter sobre um negócio ou marca? Um exemplo disso é essa postagem que foi criada justamente em prol desse caso. Uma oportunidade e tanto!

Leave a Comment