Checklist de Marketing de Conteúdo

Quando pensamos em um checklist de Marketing de Conteúdo logo vem à cabeça a ideia de postagens em blogs e canais sociais. No entanto, essa estratégia vai muito mais além do que criar textos para sites ou textos para redes sociais.

A verdade é que muitos profissionais até mesmo com anos de experiência ainda não possuem uma estratégia bem definida ou nem sequer a planeja de forma adequada.

A partir disso é possível prever que as ações desconexas e sem objetivos resultarão em resultados negativos ou naquela sensação de que o Marketing de Conteúdo não traz resultados.

Pensando nisso, elaboramos esse checklist de Marketing de Conteúdo mais detalhado para auxiliar o seu planejamento e fazer com que acerte mais na sua produção de conteúdo. Acompanhe!

A estratégia de Marketing de Conteúdo atende os objetivos da marca?

A estratégia de Marketing de Conteúdo atende os objetivos da marca

Um dos grandes erros de quem começa a investir em Marketing de Conteúdo é não ter os objetivos claros com todo aquele esforço. Criar  textos para blog ou postar imagens “bonitinhas” para o Instagram sem objetivos bem definidos não é Marketing de Conteúdo.

Sabendo disso, vamos ver a seguir o que considerar para atingir os objetivos da sua marca ou empresa. Mas antes de tudo, é imprescindível que você tenha tais objetivos bem claros na sua estratégia.

No blog

Qual é de fato o objetivo da sua empresa ter um blog? Quais serão as métricas de sucesso do seu blog? Tempo de leitura? Conversões? Número de comentários?

Ao responder essas questões, é possível nortear com mais precisão quais ações tomar e como trabalhar para fazer isso acontecer.

Em vídeo

Por que estou criando vídeos? Simplesmente porque está na moda ou porque meu público aceita melhor esse formato? O que as pessoas devem fazer depois de assistirem o meu vídeo? Só dar likes ou eu venderei meus produtos ou serviços neste canal?

A estratégia de Video Marketing pode ser poderosa se bem aplicada. No entanto, nem todas as empresas possuem know-how ou estrutura para tal e é aí que os objetivos devem ser muito bem pensados, principalmente se uma agência de conteúdo entrar em cena.

Veja aqui 10 mitos sobre Marketing de Conteúdo que você deve abandonar urgentemente

Em áudio

Assim como os vídeos, uma estratégia que envolve o uso de recursos de áudio como uma rádio corporativa ou podcasts também requer alguns recursos especiais. Embora muita coisa possa ser feita por meio de um celular, ainda é preciso pensar na qualidade final.

Dessa forma, criar um perfil no Spotify pode ser uma boa estratégia, mas quem apresentará o programa? E as pautas e o roteiro? Seus produtos ou serviços combinam com esse formato? Como o sucesso desse canal será mensurado? Viu como não é tão simples assim!

Nas redes sociais

Como abordamos no começo do artigo, a maioria das empresas está nas redes sociais simplesmente pela “onda do momento”. E assim como nos blogs, a produção de conteúdo para redes sociais dificilmente passa por um simples planejamento.

Tenha em mente que o gerenciamento de redes sociais requer tempo e deve ser delegado a um profissional dinâmico e antenado com os acontecimentos do momento.

Por isso, antes de criar uma conta em uma rede social qualquer, pense: o que eu quero que as pessoas façam quando elas interagirem  com o perfil da minha empresa?

Resumindo este tópico:

  • Qual é o objetivo de ter um blog?
  • Por que você cria vídeos?
  • Sua marca combina com o formato de áudio?
  • O que as pessoas devem fazer quando interagirem com a sua marca nas redes sociais?

O conteúdo é encontrável?

Neste ponto vale pensar em como o seu conteúdo será encontrado de forma orgânica pelos usuários interessados em seus produtos ou serviços. Sendo assim, em um checklist de Marketing de Conteúdo não pode faltar um bom plano de SEO.

Pense no comportamento de busca do usuário e conheça as principais palavras-chaves pesquisadas e que tenham relação com o seu produto, serviço ou negócio.

No blog

Os blogs são as ferramentas mais importantes quando o assunto é ser encontrado na internet. O conteúdo textual é o carro-chefe na web, pois se estima que mensalmente sejam feitas mais de 100 bilhões de buscas no Google.

Por isso, quem não investe em Marketing de Conteúdo realmente está perdendo muitas possibilidades de negócio por simplesmente não ser encontrado pelos consumidores.

Em vídeo

Como está a sua estratégia de vídeos nas mídias como o Youtube, por exemplo? Seus vídeos possuem títulos bem elaborados e que despertam a atenção dos usuários. Você investe em boas descrições e usa as palavras-chaves certas?

Além do Youtube, você também divulga esses vídeos em outros lugares como no seu site, blog e outras redes sociais? Como as pessoas encontram o seu canal? Lembre-se que o Youtube é a 2ª maior rede social do mundo e no Brasil já desbancou o Facebook, sendo a 1ª colocada em brasileiros ativos na plataforma.

Nas redes sociais

Em termos de encontrabilidade, não é só de SEO que se vive uma estratégia. No caso das redes sociais, o SMO (Social Media Optimization) e o SMM (Social Media Marketing) também são fundamentais para destacar uma empresa na web.

Isso é notório simplesmente pelo fato de que o Google e os próprios  mecanismos de busca internos das redes sociais também são usados como fonte de pesquisas dos usuários. Entendeu agora porque descrições e conteúdo bem feito são importantes nos canais sociais?

Resumindo este tópico:

  • Estou produzindo conteúdo de qualidade no meu blog?
  • Uso a 2ª maior rede social do mundo em minha estratégia?
  • Estou utilizando técnicas de SMO e SMM nas redes sociais?

O conteúdo foi revisado?

Revisão nunca é demais, por isso essa tarefa é de extrema importância para deixar o conteúdo impecável e sem cair no descrédito devido a erros ou deslizes.

Tenha em mente que por mais interessante que seja um material, o usuário ou consumidor nunca verá com bons olhos aquela marca ou empresa que entrega conteúdo com erros.

No blog

Com maior incidência de textos, o blog é o principal canal onde os erros são percebidos. Sendo assim, em seu checklist de Marketing de Conteúdo conte sempre com um “olhar clínico” para esses deslizes.

Se puder, peça que mais de um profissional revise o mesmo material, pois devido aos vícios de escrita e de linguagem, é possível que algum erro orto-gramatical passe batido.

Em vídeo

No caso dos vídeos, vale a pena ficar atento não só ao texto, mas também na edição dos cortes, bem como na questão da sincronização de áudio e vídeo.

O volume do som também não deve ser muito alto nem muito baixo, pois ambos os casos podem reduzir muito a percepção de qualidade. O ideal é que a voz e o som estejam com o volume agradável e que um não ultrapasse a potência do outro.

Nas redes sociais

Assim como nos blogs, o conteúdo para redes sociais também precisa ser revisado, principalmente no que diz respeito à qualidade da arte e da escrita.

Lembre-se que depois de postado, “pega muito mal” apagar um conteúdo e repostar o mesmo. Da mesma forma que no blog, essas falhas minam a reputação da marca e abrem margem para o descrédito da empresa. Por isso, revise sempre!

Resumindo este tópico:

  • Se possível, a revisão deve ser feita por mais de 1 profissional.
  • Fique atento com o texto, e com o volume do áudio nos vídeos.
  • Lembre-se que pega mal repostar nas redes sociais por causa de erros e falta de revisão.

Estou criando conteúdo para as pessoas certas?

Aqui é onde muitos esquecem ou não dão a devida importância em um checklist de Marketing de Conteúdo. Entender de fato como pensa o público para quem iremos produzir todo esse conteúdo.

Desde os primórdios da segmentação de mercado do “Marketing Tradicional”, é comum ver que muitas marcas e empresas não conhecem o seu público-alvo de fato. E é aí que tudo se inicia de forma errada.

Veja aqui 7 perguntas antes de iniciar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo

Hoje em dia, essa segmentação se afunilou tanto que chegou ao que chamamos de estudo de personas, sendo nada mais do que a personificação do potencial consumidor.

No blog

Como saber quem são os meus leitores? E se eu estou iniciando meu blog agora? De antemão tudo isso já deve estar bem claro em um plano de Marketing e Comunicação.

Entender o público é essencial para criar conteúdos adequados e responder as principais dúvidas que os potenciais clientes têm sobre o seu serviço ou produto.

Em vídeo

Em geral, o público do blog pode ser o mesmo que consomem os seus vídeos e vice-versa. No entanto, a questão dos vídeos há sempre um “quê” a mais.

A seriedade e a forma como um conteúdo é transmitido pode impactar (positivamente ou negativamente) muito o consumidor. Ser muito sério ou muito “descolado” pode causar o fracasso do seu vídeo.

Em áudio

Neste formato, valem as mesmas dicas dos vídeos, porém, como a voz será o elo principal entre a marca e o consumidor, é extremamente importante caprichar no roteiro e na locução.

Entretanto, mais uma vez é muito importante conhecer o perfil dos consumidores para entender se de fato um canal de áudio é uma boa abordagem.

Nas redes sociais

As pessoas estão conectadas praticamente o dia todo nas redes sociais, sejam os mais jovens até o público da melhor idade. E é comum cada um se interessar por assuntos específicos dentro de cada rede.

No caso das redes sociais, a segmentação é mais evidente e clara, pois há um seguidor real com um perfil bem específico. E isso torna a produção de conteúdo ainda mais fácil e interativa.

Resumindo este tópico:

  • Entenda o público e crie conteúdos alinhados e com propósito
  • A forma como um conteúdo é transmitido pode impactar (positivamente ou negativamente) muito o consumidor
  • Conheça o perfil dos consumidores para entender se de fato um canal de áudio é uma boa abordagem
  • Nas redes sociais, a segmentação é mais evidente, pois há um seguidor real com um perfil bem específico.

O conteúdo está simétrico?

Esse aspecto se refere mais aos blogs e especificamente ao conteúdo textual. A simetria é a relação de dimensões que compõe um todo. E pode parecer que não, mas faz toda a diferença em trabalhos que envolvem criação de arte.

No blog

Por outro lado, a simetria no conteúdo textual também é relevante para contribuir com a identidade de marca e gerar reconhecimento por parte do consumidor.

Além de tornar o texto mais agradável, a simetria também aumenta a leiturabilidade e faz com que o cliente saiba exatamente que aquele texto é de uma determinada marca ou empresa antes mesmo de lê-lo.

Resumindo este tópico:

A simetria se faz importante porque gera reconhecimento de marca e melhora a leiturabilidade.

No Checklist de Marketing de Conteúdo não pode faltar compartilhamento

No Checklist de Marketing de Conteúdo não pode faltar compartilhamento

Quando se fala em Marketing de Conteúdo ou conteúdo para redes sociais, o compartilhamento é parte primordial de qualquer ação que envolve canais digitais.

Por isso, no seu checklist de Marketing de Conteúdo não pode faltar os estímulos para que os usuários ou consumidores compartilhem os conteúdos.

No blog

Nos posts de blogs, sejam eles vídeos, artigos ou podcasts é importante que haja links ou botões que facilitem o compartilhamento desses conteúdos.

Além dos botões, é muito importante que se invista em boas CTA (call-to-action) que são chamadas para ação. Em outras palavras, é um incentivo para que o usuário execute alguma ação, como: “clique aqui” “assista o vídeo” ou “visite nossa loja”.

Em vídeo

Assim como num blog, em um canal de vídeo também não pode faltar links de compartilhamentos para outras redes sociais e também para outros canais (se existir).

Entretanto, a grande vantagem dos vídeos é que os estímulos de compartilhamento podem ser feitos diretamente na edição do vídeo e no próprio roteiro. São ações simples, mas que fazem grande diferença nos resultados finais de engajamento.

Em áudio

Em caso de canais de áudio, as ações de compartilhamento podem ser feitas no meio das transmissões e dependendo da plataforma, também nos links da descrição.

Sendo assim, em um checklist de Marketing de Conteúdo, as estratégias que envolvem áudio podem ser ótimas ações para gerar mais compartilhamento e estimular as visitas em outros canais sociais.

Nas redes sociais

Quem trabalha com gestão de redes sociais sabe que os compartilhamentos são métricas que evidenciam o sucesso de um conteúdo.

Inclusive, as redes sociais são as principais ferramentas de compartilhamento da internet, pois possuem efeito viral e de grande apelo social.

Resumindo este tópico:

  • É importante investir em boas CTA nos conteúdos dos blogs
  • A vantagem dos vídeos é que os estímulos de compartilhamento podem ser feitos diretamente na edição do vídeo e no próprio roteiro
  • As ações de compartilhamento podem ser feitas no meio das transmissões e também nos links da descrição
  • As redes sociais são as principais ferramentas de compartilhamento da internet, pois possuem efeito viral e de grande apelo social

Há uma chamada para ação clara em meu checklist de Marketing de Conteúdo?

As chamadas para ação, também conhecidas como Call-to-action (CTA) são elementos essenciais em qualquer conteúdo que tenha como objetivo principal a atração ou retenção de clientes.

Esse elemento jamais deve faltar no seu checklist de Marketing de Conteúdo pelo poder que ele tem de estimular o consumidor para a ação que você traçou em sua estratégia de conteúdo.

No blog

Você está estimulando o seu lead a tomar uma ação de acordo com os objetivos de Marketing? Ao criar textos para sites ou blogs é fundamental que esteja muito claro qual é o intuito ao final dos mesmos.

Veja neste post quando apostar na terceirização de conteúdo

Convide o usuário ou leitor a entrar em contato, preencher um formulário, ligar para a sua empresa ou até mesmo visitar outros canais da marca. Sem uma CTA, seu conteúdo será só mais um no universo web, sem propósito e sem objetivos claros.

Em vídeo

Os vídeos são mais persuasivos e convincentes e por isso as chamadas para ação devem ser muito bem exploradas.

Assim como no texto, um bom call-to-action em vídeo deve ser objetivo e alinhado com o que você deseja que o consumidor faça.

Aproveite o poder do vídeo e mostre resultados reais, convide o lead a testar o seu produto, mostre o funcionamento do seu serviço e convença-o ali mesmo.

Nas redes sociais

As redes sociais possuem a combinação perfeita para criar boas CTA’s. Por isso, aproveite o dinamismo e crie diálogos voltados para a conversão.

Além das postagens comuns, pense em chamadas para ação que se conectem com as conversas e assuntos que os usuários estão tendo no momento. Essa é uma forma de estimular o seu lead organicamente e sem parecer chato.

Resumindo este tópico:

  • Sem uma CTA, seu conteúdo será só mais um no universo web, sem propósito e sem objetivos claros
  • Aproveite o poder do vídeo e mostre resultados reais, convide o lead a testar o seu produto, mostre o funcionamento do seu serviço, etc.
  • Pense em chamadas para ação que se conectem com as conversas e assuntos que os usuários estão tendo no momento

Como sei que estou tendo resultados com a minha estratégia de Marketing de Conteúdo?

Seja você uma agência de conteúdo, uma pequena empresa ou uma grande marca, a verdade é que sem bons resultados, não há motivos para investir em Marketing de Conteúdo.

No entanto, ao pensar na sua estratégia, tenha em mente quais serão as métricas de sucesso. Comentários? Ligações? Interações em redes sociais? Aumento de tráfego no blog? Pedidos de orçamentos por e-mail?

Quais atributos de fato serão avaliados e que farão você dizer: “Isso aqui está dando certo!”? Tenha foco neles e comece a mensurá-los diariamente, semanalmente ou mensalmente.

No blog

Como é a interação e a permanência dos usuários em seu blog? Há comentários, pedidos de informações ou elogios/críticas ao conteúdo nele abordado?

Afinal, qual é a métrica mais importante desse canal? Você já parou para pensar nisso? Se ainda não pensou, recomendamos urgentemente que reveja a sua estratégia de Marketing de Conteúdo.

Em vídeo

Diferente do blog, nas publicações de vídeo as pessoas aparentemente estão mais propensas a fazer comentários sobre o conteúdo. No entanto, é isso mesmo que você deseja para o canal?

Como você irá mensurar todo o esforço? Pelo tempo que os usuários assistem os seus vídeos? Pelos comentários? Pelos pedidos de informações ou pelo número de visualizações?

Em áudio

Se você investe em podcasts ou alguma mídia em áudio, saiba que também é importante mensurar tais esforços, pois sabemos que toda iniciativa tem um custo.

No caso do áudio, as métricas são bem parecidas com as do formato em vídeo. No entanto, se o seu canal oferece transmissões ao vivo, é possível ter noção das métricas pelas interações dos ouvintes, além dos outros atributos já citados nos vídeos.

Nas redes sociais

As redes sociais seguem praticamente as mesmas métricas dos outros canais, exceto pela sua definição real de sucesso. Lembre-se que nesses canais você pode ter muitas curtidas, compartilhamentos e grande engajamento, mas como tudo isso se converte em valor?

Não se contente apenas com essas métricas, pois de nada adianta possuir milhares de seguidores se nenhum deles compra o seu produto ou consome o seu serviço.

Pensando em terceirizar o seu conteúdo? Veja aqui como escolher uma boa agência de conteúdo

Ao menos que o seu objetivo seja o aumento do share of mind ou você não precise de mais clientes, vale a pena repensar em como a gestão de redes sociais pode gerar mais lucros para seus negócios.

Resumindo este tópico:

  • Afinal, qual é a métrica mais importante do seu blog?
  • Comentários, pedidos de informações, tempo de leitura ou o quê?
  • Como você irá mensurar todo o esforço na produção de vídeos? Apenas por visualizações? Curtidas? Comentários?
  • Se o seu canal oferece transmissões ao vivo, é possível ter noção das métricas pelas interações, além dos atributos já citados nos vídeos
  • Lembre-se que nesses canais você pode ter muitas curtidas, compartilhamentos e grande engajamento, mas como tudo isso se converte em valor?

Conclusão

Antes de começar a sua estratégia, vale a pena seguir esse checklist de Marketing de Conteúdo para ter uma base sobre o que considerar na sua produção.

Textos para sites, posts em blogs, produção de áudio e vídeo e a gestão de redes sociais devem trabalhar em conjunto para um único objetivo em comum: trazer o seu potencial para mais perto da sua empresa.

Sem isso, todos os seus esforços de marketing poderão ser budget perdido, principalmente se as métricas de sucesso não forem muito bem definidas.

Por fim, se você deseja iniciar uma estratégia de conteúdo e precisa de um suporte profissional, não deixe de contar com a nossa expertise em produção e gestão de conteúdo.

A Verbum é uma agência de conteúdo de Curitiba que atende marcas e empresas de todo o Brasil em projetos que envolve Marketing de Conteúdo e Branded Content.

Entre em contato com a gente e saiba como podemos ajudar a sua empresa a impulsionar os negócios de forma orgânica e consistente.

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.