Como aprender a ter boas ideias

Ter boas ideias é uma qualidade que nos destaca das outras pessoas, seja nos negócios ou na vida pessoal

Alguns possuem facilidade em desenvolvê-las, outros se dizem péssimos.  Mas será que é possível “aprender” a ter boas ideias?

Nós acreditamos que sim, e até arriscamos alguns palpites sobre esse assunto:

1-Seja um bom observador

Ser um bom observador é ter a percepção apurada e poder captar informações sobre diferentes ângulos.

Desenvolver e ter um “olhar clínico” sobre cenários e situações pode encurtar muito a tomada de decisões para resolução de problemas.

2-Tenha um olhar crítico sobre tudo

Ser crítico, não é o mesmo que ser chato. A crítica sempre deve vir com uma proposta de intervenção ou uma possível solução para o cenário apresentado. Criticar por criticar pode soar como inveja e desconhecimento da causa ou assunto em questão.

3-Saia da sua zona de conforto

Quando nos acostumamos com a “estabilidade” em sua totalidade, (se é que ela existe) é comum nos acomodarmos e nos bloquearmos para novos conhecimentos e vivências.

Para aprendermos e executarmos coisas novas, é preciso antes de tudo, tomar consciência da importância de tal ação.

Sair da zona de conforto é estar aberto para novas oportunidades e conhecimentos e para isso é preciso ao menos levantar da cadeira.

4-Conheça outras visões além da sua

Quando nos acostumamos com certas ideias, as mesmas acabam se tornando convicções e até mesmo “verdades” para nós.

Por mais que não concordemos com algumas coisas, conhecer novos pontos de vista amplia nossa bagagem de conhecimento e de compreensão

5-Sempre que puder, viaje para lugares diferentes

Isso não é papo de gente rica, não! Conhecer lugares novos (mesmo uma cidadezinha próxima) faz com que nossa “coleção de memórias” se expanda.

Consequentemente, as novas experiências vividas fazem com que nossa visão de mundo se torne maior, estimulando assim, o nosso senso criativo para novas possibilidades.

6-Conheça gente nova

Para finalizar, podemos arriscar que a melhor fonte de inspiração para ideias são as outras pessoas.

Nelas nós podemos encontrar e contemplar praticamente todas as outras características que citamos, pois cada pessoa carrega dentro de si um mundo singular. Cheio de histórias e experiências únicas que ninguém jamais poderá viver.

No final, você deve estar se perguntando: e o que isso tem em comum com a produção de conteúdo?

Acreditamos que tem tudo, pois o Conteúdo nada mais é do que as nossas ideias que ganharam uma forma e uma linguagem.

Leave a Comment