Tecnologia poderá tornar a vida mais chata

Novas tecnologias, redes sociais, aplicativos, gadgets, comunicação, comunicação e mais comunicação.

Na contramão de tudo que se vê por aí, já parou pra pensar o quanto essas facilidades da tecnologia podem tornar nossa vida um tanto mais chata?

Realmente é interessante se “comunicar” a todo instante? Deixar a direção das nossas vidas “nas mãos” de aplicativos ou programas que nos guiam em nossas tarefas cotidianas? Narrar a vida numa tela de computador ao invés de vivê-la de fato. Lembre-se, excesso de informação não significa acúmulo de conhecimentos.

Alguns problemas causados pelo uso excessivo da tecnologia

E para se ter uma noção mais real e até um tanto trágica, muitos estudos apontam novos distúrbios e doenças causadas pelo uso excessivo da internet, comparando-a até mesmo a algumas drogas.

  • “Depressão de Facebook”,
  • “Náusea Digital”,
  • “Síndrome do Toque Fantasma”

Você já ouviu falar de alguns desses problemas e distúrbios? Provavelmente existem outros que ainda nem foram diagnosticados.

Parafraseando Mauro Segura em seu artigo do dia 26 de março de 2014 no site Meio e Mensagem:

“Será que precisamos mesmo disso? Será que precisamos ter aparelhos a nossa volta nos monitorando e dizendo o que fazer, para onde ir e vir? O Waze nos diz o caminho, o Whatsapp nos interrompe no melhor do almoço e o Tinder diz com quem devemos flertar.”

Iremos perder a emoção e a espontaneidade. A possibilidade de nos perder e descobrir um novo caminho será praticamente nulo.

A criatividade e a capacidade de imaginação serão reduzidas drasticamente. Iremos nos guiar apenas pela racionalidade dos dados que a todo o momento estará lá para nos guiar e dizer o que é mais correto fazer.

E para finalizar, fica um trecho de uma música da banda Legião Urbana que ilustra muito bem este cenário que poderá ser realidade num futuro próximo:

“Nos perderemos entre monstros da nossa própria criação”…

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.